Queria eu poder explicar-te
Uma ideia pouco banal
Trata-se, querida amiga
Da aposta de Pascal

O argumento é tão certo
Não há, pois, confusão
Não preciso ser esperto
Pr'a tirar a conclusão

Se estudares o que Ele disse
Quando andou pela Terra
Vais amar sua palavra
E a verdade que ela encerra

"- E se não é bem assim
Será tudo um engodo
Isto é tudo o que há
Não existe mais que o todo"

O que diz o matemático
Bem pensado, por sinal
É que não há que ter medo
Concordas com este mortal?

As promessas são grandes
Pois te digo e repito
Que se aderes a Jesus Cristo
Vais ganhar o infinito

E se for mentira
Um equívoco, um engano
Ao que digo, nada retira
É inexistente o dano

Porque se leres o que diz
O importante que ressoa
O pior que te acontece
É tornares-te boa pessoa

Tens dúvidas sobre isto?
E medo desta aposta?
Olha que Ele é teu amigo
Aceita a sua proposta

Sabe mais um pouquinho
Procura e lê um bocado
Trilha este caminho
Que faz o Deus encarnado

Se algo tu rejeitares
Não será viagem vã
Pelo menos conheceste
A cultura judaico-cristã

Se ganhares, ganhas tudo
Se perderes, não perdes nada
É uma escolha de miúdo
Uma bem simples charada

Que grande argumentação
Não está mesmo nada mal
Sim senhor, grande aposta
Parabéns Blaise, Pascal.