Saio de manhã
Com amigos e amigas
Vamos trabalhar
Para o campo colher espigas

Trazemos a alegria
A ternura e o carinho
E assim bem colorido
Levamos o comer quentinho

No fim de toda a labuta
Sentamo-nos a merendar
E depois de tanta luta
Comemos a conversar

Ele é tanta beleza
Que há para descrever
E ainda imaginamos
O que mais está para ser

E assim a Nosso Senhor
Agradecemos pela vida
Também pela bela marmita
Em que trouxemos a comida!