Eu casa estou como quero
As multitudes de quem eu sou
Conhecidas todas as partes
Com todas elas me dou

Mas chega a hora de sair de casa
E como pedreiro das roupas
Foge-me a pedra que ali encaixa
Naquilo que acordei

Não tenho nada que sirva
Àquele que me deram por mim
Ansiando pela expressão
Pela expressão plena enfim