Que vontade tenho eu de criar
Ás vezes penso que embruteci
Tenho medo de nada ter para dar
De dar aquilo que para dar nasci

Pois se nisto acredito fielmente
Que todo e cada um tem um dom
Quero ouvir de dentro um som
Acalmar em definitivo a minha mente

Que me diga “tu és capaz”
Vais conseguir tudo o que sonhas
E ouvir um dia Deus dizer
És já um Homem, não um rapaz

Junqueira, 13 de Junho de 2017